imagem

 

 

 

     

 

 

 

JESUS, E O PODER DA COMUNICAÇÃO – PARTE III

 

Conexão 2 – Meditação na Palavra

A Palavra é o próprio Pai falando com nós. A essência de Deus é o que está escrito dele na

Bíblia. Da mesma  forma como não se pode dissociar a rosa do seu odor, pois ambas são a

mesma coisa, Deus e sua Palavra são uma única coisa.

A natureza do Pai está na sua Palavra. Se quiser saber o que Deus é, veja na Bíblia: “Deus é

Amor”  1 João 4.8b. “Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e

verdade”. João 4.23

“No princípio, era o Verbo, e o verbo estava com Deus, e Verbo era Deus”  João 1.1

Deus é o poder da Palavra. Sendo espírito invisível, criou todo o Universo visível pelo uso da Palavra.

 

Tudo, portanto, origina-se no plano invisível. E depois o Pai tomou forma e veio morar aqui na

Terra. É o que o apóstolo João diz claramente: “E o Verbo (Deus) se fez carne e habitou entre

nós (Jesus)” João 1.14.

Jesus é a Palavra materializada, viva. E Deus nos deu a Palavra escrita com a finalidade de

desvendar-Se perante a humanidade, com o objetivo de revelar-nos a verdade e a sua vontade.

 

A Palavra: guia infalível

Se a Palavra é a verdade e também a vontade de Deus para nós, fica fácil sabermos que caminho tomarmos, quais são os nossos direitos, nossos deveres, nosso status perante o Pai. O salmista  diz: “Lâmpada para os meus pés é a tua palavra e luz, para o meu caminho”. Salmo 119.105. 

Ele está dizendo que, tanto na visão de curto prazo (o dia a dia) nossos pés devem dirigidos pela Palavra, quanto na projeção do futuro (caminho), ela é guia seguro, pois

seus conselhos e orientações são como uma lâmpada a iluminar nosso trajeto.

 

Procure um versículo que se encaixa no seu caso e então medite a respeito, pois ele é a

expressão de Deus para a sua situação. Firme-se nessa verdade e o resultado aparecerá, porque o Pai não o decepcionará, e sabe o motivo? Por que ele mesmo prometeu.

Veja esta passagem: “Assim será a palavra que sair da minha boca; ela não voltará para mim

vazia; antes, fará o que me apraz e prosperará para aquilo que a enviei”; Isaías 55.11

A Nova Versão da Bíblia é ainda mais clara:”Assim também a ordem que eu dou não volta sem ter feito o que eu quero; ela cumpre tudo o que eu mando”. (NTLH)

E qual é a ordem? A ordem é o versículo bíblico que atende o seu caso.

                                                                                                                                                       

Deus também disse: “Eu velo sobre a minha palavra para a fazer cumprir” Jeremias 1.12b

Está vendo? Ele zela pela veracidade do que diz. Deus tornará eficaz Sua Palavra, se você

ousar firmar-se nela e ser leal a ela.

 

Deus e sua Palavra são um só

Se o teu chefe for uma pessoa sincera e confiável, e prometer-lhe um aumento para o mês seguinte, você não duvidará dele, porque acredita na sua palavra.

Com você acontece o mesmo: se você dá a sua palavra e cumpre suas promessas, você é considerado uma pessoa de bem, confiável. Mas se prometer algo e não cumprir, sua palavra então não presta; por conseguinte você também não presta. Por que? Porque você e sua palavra são a mesma coisa. Você está por detrás da sua palavra.

 

Com o Senhor isto é ainda mais verdadeiro: Deus e a palavra de Deus (a Bíblia) são a mesma coisa. E Ela é muito mais confiável do que a palavra do homem. O Logos (a Palavra) é a verdade em ação. Ele é eterno e não depende de circunstâncias ou situações para                                                                                                                                                

expressar essa verdade. Se a Palavra de Deus não serve por não ser digna de crédito, então não podemos confiar Nele. Mas podemos confiar no Criador, porque Ele está por detrás de todas as promessas bíblicas a seu respeito: salvação, redenção, paz, amor, perdão, proteção, alegria, vitórias.

Em Números 23.19 lemos: “Deus não é homem, para que minta; nem filho de homem, para que se arrependa (nem descendente de homem para que se arrependa); porventura, diria Ele e não o faria? Ou falaria, e não o confirmaria?”

 

Conheça o telefone de Deus

Li sobre uma senhora que afirma que quando as coisas ficam pretas ela telefona para Deus.

Faz isso muitas vezes por dia discando JR 33.3. O resultado sempre é infalível e a vitória certa.

Fica aqui a sugestão; use o mesmo número de telefone. Ah! Quer saber como fazer?

Simples: JR 33.3 ou, por extenso, Jeremias 33.3: “Clama a mim, e responder-te-ei e anunciar-

te-ei coisas grandes e firmes, que não sabes”. Poderoso não é? Medite sobre esse versículo,

e você se encherá de ânimo e motivação. Deus, entretanto, tem muitos outros telefones e

nenhum deles está ocupado, atendendo 24h por dia, de domingo a domingo.

 

Outro número de telefone: FP 4.19. “O meu Deus, segundo as suas riquezas, suprirá todas as

vossas necessidades em glória, por Cristo Jesus”.Filipenses 4.19. É da vontade do Pai que todas as nossas necessidades sejam supridas. Todas elas, sejam espirituais, físicas, materiais ou financeiras. Pode crer nisso, e medite nisso.

                                                                                                                                     

Mais um número: SL 23.1. “O Senhor é o meu pastor; nada me faltará” . Salmos 23.1

Acredite, nada faltará se Jesus for o seu guia. Não faltará paz, não faltará amor, não faltará

sabedoria, nem competência, nem saúde, nem provisão, coragem, perdão, alegria, seja o

que for, porque está escrito “nada me faltará”.

 

Existem tantos números de telefones quantos são os versículos que orientam, estimulam,

advertem e protegem. É só procurá-los e você receberá o que precisa. Não procure outra orientação quando encontrou o versículo que necessitava e a Palavra já tiver orientado o que você deve fazer. Simplesmente vá adiante, obedeça e faça.

 

Um dos telefones mais poderosos é MT 28.20b. “Eis que eu estou convosco todos os dias,

até a consumação dos séculos”. Que outro empreendedor ou líder poderia afirmar isso?

Quem se comprometeria tanto? Cristo sim: “Estarei com você para todo o sempre se abrir

a porta do seu coração e me deixar entrar.”

 

Conexão 3 – Louvor

“Tudo quanto tem fôlego louve ao Senhor”. Salmo 150.6 

Refere-se a todo o ser vivente, sobretudo a nós, humanos. Enquanto louvamos não podemos blasfemar, mentir, lamuriar, amaldiçoar, conspirar, falar mal de alguém etc.

Já é uma vantagem.

 

Mas o louvor tem uma finalidade muitíssimo maior do que apenas isso. Quer saber como atrair Deus à sua presença? Eis a grande dica:  “Porém tu és Santo, o que habita entre os louvores”. Salmo 22.3

Esse versículo nos ensina uma das coisas mais notáveis a respeito do louvor, quando sincero e honesto: o louvor traz a presença de Deus até nós. É de arrepiar, concorda? Embora Deus esteja em todos os lugares, quando ocorre o louvor, há uma manifestação distinta de sua competência em nossas vidas. Como Deus habita entre os louvores, o  louvor contínuo é a chave para estar em Sua presença. O conceito desse versículo é de que o louvor libera glória e o poder do Pai e traz respostas reais do seu Reino até nós. Eis aqui um potente remédio nas horas em que você se sente solitário, impotente, abandonado, deprimido: LOUVE!

 

Por mais simples que seja o louvor, mencione a bondade de Deus em sua vida, e isto trará resultados palpáveis: Ele se manifestará em nossas vidas, pois Deus não apenas nos visita quando o louvamos, mas a sua presença permanece conosco. Deixe que essa verdade crie fé e confiança em você.

Por que o louvor facilita a conexão com Deus? Porque ele é Santo, diz o versículo, e o ato de louvar é santo. Como os semelhantes se atraem, energia atrai energia, pureza atrai pureza, força atrai força. Eis um poderoso versículo de louvor: “Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e tudo que há em mim bendiga ao seu santo nome. Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e não te esqueças de nenhum só de seus benefícios.” Salmos 103, 1 e 2.

                                                                                                                                                            

Cristo nos dá o exemplo

Quem seria capaz de revelar o “pulo do gato”, o segredo de sua profissão ou trabalho? Ninguém,não é mesmo? Mas, Jesus, sim. Tanto fez que já delegou tudo a nós após cumprir sua missão na Terra. Uma dos fatos mais notáveis a respeito do louvor nos foi ensinado pelo próprio Cristo, o grande empreendedor, na oração do Pai Nosso.

Todavia, passa despercebido pela maioria das pessoas que fazem uso dessa oração, a grande importância que ele dava ao louvor.

 

Vejamos como a oração inicia: “Pai nosso, que estás no céu, santificado seja o teu nome.

Venha o teu reino.” Mateus 6.9 e10a.

 

Primeiro um toque de intimidade com Deus (Pai nosso); depois a oração continua: santificado seja o teu nome. Isto é, louvado, glorificado seja o nome do Senhor.

Como Deus habita nos louvores, Cristo está entrando nesse ambiente santo e poderoso, para em seguida puxar o Pai para onde estamos (venha o teu Reino), antes mesmo de                                   pedir sustentação (o pão nosso de cada dia), antes de pedir perdão (perdoa as nossas dívidas) e antes mesmo de pedir proteção (livra-nos do mal).

                                                                                                                                    

É algo impressionante. Primeiro ele estabelece a conexão com o Criador através do louvor, a

avenida que nos leva até Ele, um canal aberto de comunicação. Só então, com o caminho

desimpedido até as alturas, a prece faz suas solicitações.

Este é o “pulo do gato” para trazer Deus rapidamente à nossa realidade do dia a dia: louvor.

 

O louvor libera energia e força inimagináveis a favor de quem o pratica. Louvar significa render ações de graça, agradecer, adorar. Não somente expressa reconhecimento pelo que Deus faz por nós, mas também reconhece Sua glória e poder.

 

Como louvar?

“Dando sempre graças por tudo a nosso Deus e Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo”. Efésios 5.20.

 

Não se trata de uma afirmação ingênua ou despretensiosa, mas um fórmula eficaz contra as preocupações, elucubrações e maquinações da mente humana. Mente ocupada em louvar não tem espaço para pensar em dificuldades e problemas, pois a lei da física vale também

para o âmbito mental: dois corpos não podem ocupar o mesmo espaço simultaneamente. Logo, dois pensamentos não coexistem ao mesmo tempo. Já que é assim, dê espaço para a mão de Deus agir em sua vida. Será um grande negócio para quem o fizer.

                                                                                                                                               

Independente das circunstâncias ou do seu estado de espírito, louve ao Pai. Uma providência

importante no ato de louvar ao Criador  é afastar os olhos das circunstâncias ameaçadoras e

fixá-los somente em Deus. Li certa vez  uma frase emoldurada na sala de um executivo: “Não diga a Deus que você tem um grande problema. Diga ao problema que você tem um grande Deus”.

 

Eis uma grande verdade. Será que Aquele que criou o Universo, não terá condições de ser socorro bem presente em sua vida? Nossas orações sinceras abrem a porta para o poder de Deus penetrar em nossas vidas. Mas a oração de louvor liberta o poder de Deus mais do que qualquer outra coisa. Assim, estará canalizando energia positiva para a solução do problema; liberando a mente para receber novos influxos de pensamentos; ensejando que as circunstâncias adequadas venham ao seu encontro; descobrindo novas formas de abordar a conjuntura, coisa que sob o peso da mente preocupada e inquieta isso não ocorre, pois estará cego às oportunidades e envolvido na armadilha de seus pensamentos negativos.

 

Trecho extraído do livro O Maior Empreendedor do Mundo, de Ernesto Berg.

Reprodução autorizada desde que citada a autoria e a fonte.

 

PARA LER A PARTE I DO ARTIGO JESUS, E O PODER DA COMUNICAÇÃO CLIQUE AQUI

 

PARA LER A PARTE II DO ARTIGO JESUS, E O PODER DA COMUNICAÇÃO CLIQUE AQUI

 

 

 

 

 

a

 

 

imagem

 

 

imagem

 

imagem

 

imagem

 

imagem

 

imagem

 

imagem

 

imagem

 

imagem

 

imagem

imagem